Inscrições para cursos de Moda e Serigrafia

Estão abertas as inscrições para os cursos profissionalizantes de Moda e Serigrafia ofertados pela Casa de Zabelê, instituição mantida pela Ação Social Arquidiocesana (ASA) em parceria com a Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal do Trabalho, Cidadania e de Assistência Social (SEMTCAS). A Casa possui dois núcleos de atendimento, sendo um para atendimento direto voltado para crianças e adolescentes de 07 a 17 anos de idade que estão em situação de risco e vulnerabilidade, e um núcleo de profissionalização em moda, para jovens de 16 a 24 anos.

“A Casa é consciente de que em sua missão é preciso ir além do atendimento. É necessário combater as causas, prevenir, sensibilizar, possibilitar ao público atendido o fortalecimento de sua autodefesa, a valorização da vida, a ampliação do seu universo cultural e desenvolvimento de suas potencialidades”, pontuou Suely Coêlho, coordenadora da Casa de Zabelê.

No curso de moda o técnico formado poderá criar e comercializar vestuário e acessórios, podendo atuar em várias etapas do processo produtivo: desenho técnico, modelista e costureiro. No curso de serigrafia o técnico poderá criar estampas, fazer análise de arte final, com conhecimento de impressões serigráficas, confecções de matrizes e reaproveitamento de telas e substratos. Cada curso tem a duração de um ano.

As inscrições foram abertas no dia 1º e seguem até o dia 26 de Fevereiro, com as aulas iniciando em março. Para participar basta preencher a ficha de inscrição e entregá-la junto com a documentação pessoal na secretaria da Casa de Zabelê, nos turnos manhã tarde, das 8h às 12h e das 14h às 17h, na Avenida Pedro Freitas, bairro Vermelha, próximo à STRANS.

Adolescentes e jovens de ambos os sexos, entre 16 e 22 anos de idade, regularmente matriculados e cursando até o 2º ano do ensino médio poderão se inscrever. No ato da inscrição é preciso apresentar a declaração de matrícula deste ano e uma foto 3x4. Em seguida, os inscritos serão contactados para uma entrevista, em que serão avaliadas as condições socioeconômicas de cada candidato, tendo em vista que os cursos são voltados para a população de menor condição financeira.

A Casa de Zabelê

A ideia de implantar a Casa de Zabelê surgiu em 1994 e foi promovida pelo Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente, frente à situação de violência imposta às meninas que eram exploradas sexualmente nas principais praças de Teresina. Em 29 de Agosto de 1996 a Casa de Zabelê foi aberta ao público, sendo fruto de uma parceria entre o Banco Interamericano de Desenvolvimento, Prefeitura Municipal de Teresina e Ação Social Arquidiocesana, sendo que a parceria entre as duas últimas instituições ainda se mantém, cabendo à ASA a coordenação da Casa e à Prefeitura os recursos financeiros. Também é um importante parceiro o SESC Mesa Brasil.


Fonte: PortalPMT
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 COMENTE:

Postar um comentário

Blogs

Postagens populares

Assinar Feed

Receba por e-mail nossos artigos recentes:

Seguidores